13 referências de marketing esportivo que você precisa seguir
Aprendizado

13 referências de marketing esportivo que você precisa seguir

Escrito por Unisport Brasil

O marketing esportivo é uma das áreas que mais gera oportunidades aos profissionais, inclusive quem possui alguma especialização em Educação Física, visto que a demanda por esse tipo de especialista atende tanto às instituições esportivas como às agências de marketing esportivo espalhadas pelo mundo — e não são poucas.

Bom, agora que você já sabe que pode fazer parte dessa gigantesca indústria que é a de esportes, da qual, segundo o Fórum Internacional de Futebol, movimenta mais de R$ 250 bilhões ao ano, o que representa 63% dos investimentos em patrocínio no país, é preciso aprender como se destacar no mercado e conquistar uma oportunidade.

Como estamos falando de um mercado onde a competência é a única ferramenta para o sucesso, é essencial, para todos que almejam fazer um plano carreira no marketing esportivo, manter a atenção às grandes referências do segmento para aprimorar o aprendizado e atualizar-se. Então, que tal conhecermos algumas dessas referências?

1. Amir Somoggi

Quando o assunto é marketing esportivo, é impossível não mencionar Amir Somoggi. Formado em Marketing Esportivo na Universidad de Barcelona e com 20 anos de experiência com marketing (sendo 15 deles com a indústria de esportes), Amir é responsável por centenas de publicações, pesquisas e artigos sobre business esportivo, além de ser considerado um dos maiores especialistas em marketing e gestão financeira (na indústria esportiva) do Brasil.

2. Rodrigo Capelo

Rodrigo Capelo é um jornalista especializado em marketing esportivo e negócios do esporte comandou por um tempo o blog Dinheiro em Jogo, página hospedada pelo site do Globo Esporte e que deixou de ser atualizada. Atualmente, Capelo é repórter da Época e colaborador do programa Redação Sportv, mas, além de acompanhá-lo, é altamente recomendado consultar aos relatórios, análises e artigos de sua autoria disponíveis na internet.

3. Erich Beting

Após um bom tempo atuando como repórter esportivo, Erich Beting, primo do famoso jornalista esportivo Mauro Beting, se especializou em sport business e trabalhou na área em importantes canais de mídia, como Uol, Bandsports e Sportv. Além de toda essa bagagem, Erich Beting é proprietário do site Máquina do Esporte, uma das maiores referências para assuntos pertinentes a negócios no esporte e marketing esportivo.

4. Russell Scibetti

Que tal seguir uma referência do exterior? O norte-americano Russel Scibetti é um dos maiores especialistas em CRM (Customer Relationship Management) no business esportivo e autor do blog The Business of Sports, onde costuma publicar artigos com dicas e materiais didáticos para quem deseja se qualificar para o setor.

5. Fabio Wolff

O Fábio Wolff é uma das maiores referências na área de marketing esportivo no Brasil, sendo este sócio-diretor da Wolff Sports & Marketing, a agência que mais fecha patrocínios no futebol brasileiro. Segundo o próprio Fábio Wolff, o seu sucesso muito se deve à sua formação acadêmica, na qual possui mestrado em Negócios da Indústria do Futebol na Football Industry, da Universidade de Liverpool.

6. Jessica Smith

Já se foi o tempo em que somente homens davam importância para negócios dentro do âmbito esportivo. Jessica Smith é uma grande expert em mídia social — atualmente trabalha para a Under Armour —  e marketing esportivo nos Estados Unidos, e publica constantemente em seu blog socialnsport.com.

7. Luiz Fernando Ferreira

Se você já pesquisou por empresas do ramo de business esportivo, temos certeza de que tenha se deparado com a ESM, uma das líderes do segmento no Brasil. E por que estamos falando sobre isso? Justamente porque Luiz Fernando Ferreira é o fundador da empresa, responsável por gerenciar a comunicação digital de grandes clubes brasileiros, como Palmeiras, Corinthians e Vasco da Gama.

8. Thomas Van Schaik

Thomas Van Schaik já foi nada menos que diretor global de marca da Adidas e hoje é chefe comercial do comitê olímpico holandês. Oriundo dos países baixos, Thomas Van Schaik é uma enorme referência em marketing esportivo, branding, comunicação, eventos, além de ser um especialista em fechar patrocínios.

 9. Vinícius Lordello

Voltando para os especialistas brasileiros, Vinícius Lordello publica artigos e entrevistas no blog Esporte Executivo, hospedado pelo Exame.com, abordando vários assuntos referentes a negócios — principalmente envolvendo os clubes de futebol. Vinícius possui, também, uma vasta experiência em outras áreas da comunicação.

10. Oscar Ugaz

É impossível não associar um marketing esportivo de sucesso aos grandes clubes europeus de futebol, como o Real Madrid, não é mesmo? Por essas e outras, seguir o espanhol Oscar Ugaz, um dos maiores especialistas em digital business e que trabalha para o clube merengue, é essencial para a sua carreira e também para o crescimento do marketing esportivo no Brasil.

11. Eduardo Esteves

Dentre todas as referências aqui citadas, o Eduardo Esteves certamente se encontra como um dos profissionais que mais investe em publicações, sejam elas notícias em seu site MKT Esportivo, livro, e-book ou estudos. Além disso, Eduardo foi júri do “Business FC”, a maior premiação do marketing esportivo no Brasil.

12. Nicolas Chapart

Ainda é comum pessoas acharem que, no Brasil, a palavra esporte corresponde somente ao futebol. Esportes como vôlei já adquiriram uma boa força no país, e, mais recentemente, quem tem conquistado mais espaço é o basquete. E quando o assunto é marketing esportivo mais voltado para o basquete, o nome de Nicolas Chapart, um expert que atualmente trabalha na International Bascketball Federation, deve estar na sua lista!

13. Francesco Bossoni

Essa é a nossa referência italiana da lista. Francesco Bossoni é atualmente gerente de marketing digital pela Juventus, um dos maiores clubes de futebol da Itália. Fora o próprio conhecimento que possui no futebol, Bossoni é uma referência para o marketing esportivo em geral, inclusive para automobilismo.

Conclusão

O marketing esportivo no Brasil, assim como o business esportivo, ainda está muito atrasado em comparação aos grandes centros, como os Estados Unidos e a Europa. Porém, como vimos durante este post, há muitas referências (tanto do Brasil como do exterior) altamente competentes e que compartilham conhecimento para que o setor ganhe cada vez mais força.

E para aprender ainda mais a respeito da carreira que você poderá seguir, recomendamos a leitura do nosso artigo sobre como funcionam os negócios no esporte e tudo sobre gestão e business esportivo, elencando todas as alternativas para o profissional de Educação Física.

Quer se tornar um especialista da área esportiva?

Assine e receba tudo sobre treinamentos e as melhores práticas esportivas todo mês!

Sobre o autor

Unisport Brasil

1 comentário

  • Eu acrescentaria o João Henrique Areias como um referência nacional do Marketing Esportivo Tupiniquim

Deixar comentário.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Share This