5 dicas para decolar a carreira de treinador de escolinha de futebol
Futebol

5 dicas para decolar a carreira de treinador de escolinha de futebol

Escrito por Unisport Brasil

Muitos jovens no Brasil nutrem o sonho de ser um jogador profissional e vestir a camisa de grandes times. Para isso, é necessário fazer aulas especializadas desse esporte. Elas são os verdadeiros trampolins para a criação de bons atletas. É aí que entra a importância do treinador de escolinha de futebol.

Esse profissional exerce influência direta sobre o desenvolvimento de capacidades psicomotoras e físicas, habilidades sociais e boa formação de jogadas desses pequenos atletas.

Na verdade, o treino de futebol com crianças e adolescentes é uma tarefa desafiadora, pois exige disciplina, paciência, conhecimento técnico e transmissão de um aprendizado com didática.

Quer desenvolver a sua carreira e se tornar reconhecido pelo mercado? Conheça algumas estratégias que auxiliam os treinadores de escolinha de futebol iniciantes a se tornarem profissionais de referência nesse ramo.

Quer se tornar um especialista da área esportiva?

Assine e receba informações gratuitas sobre treinamentos e as melhores práticas esportivas!

1. Seja um educador para os seus alunos

Treinar jovens não se resume somente ao aprendizado de aspectos técnicos e físicos que são utilizados durante a partida. É necessário ensinar outros valores mais profundos. Assim, o treinador precisa assumir um papel de verdadeiro educador esportivo, independentemente da sua formação acadêmica.

Nesse sentido, é importante ensinar valores que poderão formar futuros cidadãos conscientes. Para isso, devem ser ensinadas atitudes de esforço, empenho, dedicação, disciplina, obediência, resiliência e respeito.

Na verdade, esse tipo de educação não é responsabilidade somente dos pais e da escola, mas de todos os profissionais que têm contato com os jovens e transmitem seus conhecimentos a eles de alguma forma. De fato, o treinador é considerado um exímio “criador de cidadãos”.

2. Explique a essência do jogo antes de ensinar as jogadas

As jogadas táticas devem ser bem elaboradas. Elas são fruto de uma arquitetura mental do treinador, que deve formular os movimentos ideais e posicionar os jogadores nos melhores locais, a fim de extrair o máximo possível de seus atletas durante as partidas.

Na realidade, o papel dos treinadores não é somente indicar aos alunos o que eles devem fazer. Pelo contrário, antes de ensinar as jogadas propriamente ditas, é necessário explicar a movimentação técnica e os fundamentos do esporte, ou seja, deve-se apontar os caminhos e ajudar a encontrar as melhores soluções para os problemas.

Afinal, o aprendizado somente do lance, em si, de maneira robótica, não tem o potencial de produzir a eficiência desejada. Isso acontece porque o treinador está prejudicando a capacidade de decisão dos jovens. Até porque as partidas de futebol ocorrem de forma dinâmica e são, às vezes, pouco previsíveis.

Nesse sentido, robotizar os movimentos dos atletas não é uma boa estratégia. O ideal é explicar a movimentação tática da forma mais detalhada possível — a melhor posição, o objetivo do lance e a possível reação dos adversários. Só depois o treinador deve apresentar as possibilidades de decisão para os jogadores.

Dessa forma, você munirá os seus alunos com ferramentas valiosas, que incluem agilidade, raciocínio rápido, habilidade para entender melhor o adversário etc. Assim, eles poderão medir cada jogada com mais precisão e terão as condições de tomar a melhor decisão.

3. Tenha o devido equilíbrio para saber criticar, elogiar e corrigir

A crítica nem sempre assume um papel negativo. Quando bem conduzida, ela pode se manifestar com uma vertente pedagógica, em uma clara demonstração de incentivo. Afinal, nada mais gratificante do que receber críticas construtivas e aprender com os erros.

Você sabia que a falta  de incentivo é uma das maiores causas do abandono dos esportes por parte dos jovens? Nesse sentido, a tarefa do treinador inclui fazer críticas relevantes, mas também elogiar e corrigir as falhas, quando for necessário.

Por isso, em vez de enfatizar as jogadas que foram mal-executadas, tente abordar a questão de uma maneira mais leve, indicando o que pode ser feito para melhorar o lance. Afinal de contas, o principal objetivo é corrigir o erro, e não desmotivar os jogadores.

Na verdade, o esportista costuma ter consciência sobre o seu desempenho dentro do jogo. Assim, ressaltar somente as suas falhas não vai surtir muitos efeitos positivos. É necessário que o treinador reconheça que todos os seus alunos podem melhorar a performance.

Diante desse cenário, os elogios e as palavras de encorajamento e incentivo são essenciais para manter os jovens sempre dispostos e motivados para o treino, mantendo um ambiente oportuno para o aprendizado. Além disso, essa atitude é um verdadeiro agente potencializador para a melhoria do desempenho dos alunos dentro de campo.

4. Estimule a socialização entre os atletas

O futebol é um esporte essencialmente inclusivo. Dessa forma, todas as crianças e os adolescentes devem ter o direito de praticar essa atividade, sem distinção com relação à classe social, raça, gênero, habilidades e outros elementos. Esses jovens não podem ter negado o acesso ao treino de futebol. Afinal, trata-se de uma forma de desenvolver capacidades físicas importantes e possibilitar a criação de cidadãos de bem.

Infelizmente, muitos treinadores apreensivos não observam essa premissa e acabam investindo somente nos jogadores mais aptos e habilidosos, desprezando os alunos iniciantes ou que ainda apresentam algum tipo de dificuldade durante as partidas. Assim, eles ficam somente no banco de reservas. Contudo, o futebol se aprende jogando e praticando cada vez mais.

5. Aposte em cursos de capacitação

O universo do futebol é muito dinâmico e está em constante movimentação. Desse modo, o treinador que deseja se destacar nessa atividade deve se manter sempre atualizado.

Para isso, ele precisa ler livros sobre o assunto, frequentar palestras e até mesmo assistir a diversos jogos ao vivo. Assim, fica mais fácil analisar as jogadas e estudar os melhores lances que podem ser ensinados para a equipe.

Como vimos, o papel do treinador é essencial para formar jogadores de excelência. Esse profissional deve funcionar como um verdadeiro exemplo a ser seguido pelos alunos. Por isso, tente sempre se basear em condutas honestas e tenha uma postura adequada diante dos problemas. Também procure estudar materiais que agreguem conhecimento à sua carreira, como o e-book “Guia do treinador de escolinha de futebol”.

Tem vontade de sair na frente da concorrência e de se destacar no mercado? Para isso, você precisa conhecer mais estratégias sobre como melhorar a sua postura de técnico. Entre em contato conosco e saiba como podemos ajudá-lo!

Quer se tornar um especialista da área esportiva?

Assine e receba informações gratuitas sobre treinamentos e as melhores práticas esportivas!

Sobre o autor

Unisport Brasil

Deixar comentário.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Share This