8 líderes e grandes treinadores no esporte que você não conhecia
Aprendizado

8 líderes e grandes treinadores no esporte que você não conhecia

Escrito por Unisport Brasil

O mundo está cheio de exemplos de grandes treinadores que inspiraram seus jogadores, revolucionaram suas modalidades e levaram suas equipes a grandes glórias. No entanto, o mais curioso dessa história é que mesmo com toda a mídia, existem diversos líderes no esporte que são pouco conhecidos do público em geral.

Seja por conta do período no qual tiveram sucesso ou até mesmo pelos seus países de origem serem distantes da gente, o fato é que aprender um pouco mais sobre suas filosofias de trabalho e suas brilhantes trajetórias é algo definitivamente inspirador.

Ficou curioso para descobrir quem são eles? Então confira a incrível lista que preparamos a seguir:

1. Bora Milutinović

Podemos começar essa lista com o sérvio Bora Milutinović. Seu feito mais relevante é bem evidente: mesmo sem ser um treinador com assessores de imprensa e grande poder de marketing, ele é o recordista em presenças em Copas do Mundo como técnico de seleções, junto a ninguém menos que Carlos Alberto Parreira.

Bora comandou o México em 1986, a Costa Rica em 1990, os Estados Unidos em 1994, a Nigéria em 1998 e a China em 2002. As quatro primeiras dessa lista passaram com êxito da fase de grupos.

Comandou, além desses, Jamaica, Honduras e Iraque e times como o San Lorenzo, da Argentina. Entre seus principais títulos, podemos destacar duas Copas Oro e uma Copa Interamericana com os Estados Unidos, uma Copa dos Campeões da CONCACAF com Honduras e uma Liga MX com o México.

2. Rinus Michels

Rinus Michels é outro treinador importantíssimo no cenário internacional, mas que é pouco conhecido dos brasileiros. Seu nome se tornou sinônimo de ofensividade e ousadia nos anos 70, quando comandou o revolucionário time do seu país na Copa de 74, que levou a alcunha de Carrossel Holandês.

Percursor do chamado futebol moderno, foi Rinus quem praticamente inventou a utilização da linha de impedimento como estratégia de jogo e da rotação de posições, na qual nenhum jogador tem um espaço fixo em campo. Seus times jogavam com belos toques passando de pé em pé com jogadas ensaiadas e, assim, a seleção holandesa conquistou seu único título, a Eurocopa de 1998, sob a liderança de Rinus.

3. Carlos Bianchi

Carlos Bianchi é um pouco mais conhecido dos brasileiros por conta de ser um especialista na Taça Libertadores da América. São nada menos do que quatro títulos do torneio, o que certamente já seria suficiente para colocá-lo como um dos maiores líderes no esporte do nosso continente.

Como se não bastasse, mesmo com sua peculiar humildade, também venceu três mundiais interclubes e diversos Aperturas e Clausuras do campeonato argentino. Sucesso entre os torcedores e entre a crítica especializada, eleito duas vezes o melhor treinador do planeta, ele trabalha atualmente como diretor do Boca Juniors.

4. Sir Alex Ferguson

Extremamente valorizado na Europa, o que lhe trouxe o reconhecimento com o título de Sir pela Coroa Inglesa, Alex Ferguson é definitivamente uma lenda do futebol e um dos grandes líderes no esporte dos tempos modernos. Chegou como treinador do Manchester United em 1986 e manteve essa duradoura relação por décadas, algo impensável no futebol moderno.

Na sua gestão, conquistou nada menos do que dez campeonatos da Premier League, duas Ligas dos Campeões da UEFA e dois mundiais interclubes. Muitos críticos desdenham de sua filosofia de jogo e de sua personalidade um tanto quanto antissocial, mas seu retrospecto é simplesmente impressionante.

5. Gusztav Sebes

Pouquíssimo conhecido em nossas terras, Gusztav Sebes é uma lenda para o futebol húngaro, pois conduziu a melhor seleção da história do seu país. Ele comandou a máquina de 1954, que chegou até o vice-campeonato da Copa do Mundo, perdida para a toda poderosa Alemanha.

No entanto, seus feitos não param por aí. Também foi Gusztav Sebes que conduziu o time da Hungria nas Olimpíadas de 1952, chegando até a improvável medalha de ouro ao fim da competição. Entusiastas do futebol arte não cansam de elogiar seus feitos e o estilo ofensivo, que conquistou essas glórias junto à lenda Ferenc Puskas.

6. Brian Clough

Brian Clough é outro dos treinadores que não possuem grande fama nos dias de hoje, mas quem conhece sua história não tem nenhuma dúvida em colocá-lo entre os líderes no esporte de todos os tempos, pois ele possui um dos maiores feitos que um clube de pequeno porte conseguiu na poderosa Premier League da Inglaterra e nos torneios Europeus.

Comandando o minúsculo Nottingham Forest, abocanhou a Liga dos Campeões da UEFA nos anos de 1979 e 1980. Também ganhou um Campeonato Inglês em 1972, mas com outro pequeno: o Derby Country. A adoração a ele é tanta que Clough possui uma estátua na cidade de Nottingham e há quem diga que essas duas equipes jamais superaram sua saída.

7. Arrigo Sacchi

Os brasileiros mais apaixonados por futebol podem até se lembrar de Arrigo Sacchi, mas por um motivo um pouco menos honroso. Ele foi o treinador da seleção da Itália que perdeu a final da Copa do Mundo de 1994 para o Brasil, com aquela histórica e fatídica cobrança de pênalti de Roberto Baggio. Entretanto, seu legado é muito mais amplo.

Ele simplesmente comandou e inspirou um dos maiores times da história: o Milan de 1989 e 1990. Sacchi idealizou uma equipe com um padrão tático mais defensivo que apostava no contra-ataque, que é amplamente copiado por equipes de menor porte até hoje. Dentre suas principais glórias estão um bicampeonato da Liga dos Campeões e um Mundial Interclubes.

8. Marcello Lippi

Para encerrar essa lista em alto nível, podemos citar o treinador Marcello Lippi, outro dos líderes no esporte pouco conhecidos do público brasileiro. Seu nome é sinônimo de Juventus na Europa, pois um dos pontos altos de sua carreira foi comandar as últimas das maiores conquistas da equipe italiana.

Ganhou a Liga dos Campeões e um mundial interclubes, além de cinco campeonatos italianos. Como glória maior, conduziu uma pouco acreditada seleção italiana até o título da Copa do Mundo de 2006, reanimando seus atletas após uma sucessão de escândalos divulgados pela imprensa nos meses anteriores ao torneio.

Esses são alguns líderes e grandes treinadores no esporte que você não conhecia! Gostou do conteúdo? Então compartilhe livremente esse artigo em suas redes sociais!

Quer se tornar um especialista da área esportiva?

Assine e receba informações gratuitas sobre treinamentos e as melhores práticas esportivas!

Sobre o autor

Unisport Brasil

Deixar comentário.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Share This