Assessorias esportivas: mercado de trabalho e perfil socioeconômico do cliente Assessorias esportivas: mercado de trabalho e perfil socioeconômico do cliente
Sem Categoria

Assessorias esportivas: mercado de trabalho e perfil socioeconômico do cliente

Escrito por Unisport Brasil

A atividade física regular praticada em áreas públicas nas grandes cidades
brasileiras é uma realidade. Assim – antes da pandemia, é claro –, milhares de pessoas saiam às ruas para dar sua caminhada, corridinha ou mesmo alongar-se. Mas quando essas pessoas procuram a orientação profissional, são os profissionais de educação física que lhes asseguram que essa prática seja realizada de forma dinâmica, criativa e nos limites da individualidade biológica.

Um dos meus interesses de pesquisa em colaboração com demais colegas tem sido conhecer o perfil socioeconômico dos profissionais que empreendem no campo
da prestação de serviços da atividade física orientada. Especificamente os que criam assessorias esportivas em áreas públicas, tais como praias e parques. Tempo de atuação profissional, nível de escolaridade e conteúdo das aulas são alguns exemplos, e dão uma radiografia do setor.

O perfil do aluno também tem sido uma fonte de investigação. Classe social,
gênero, perfil etário e poder de compra são alguns exemplos do que se pode conhecer quando o objetivo é apresentar o perfil socioeconômico e transformá-lo em melhoria de prestação de serviço.

Investigar as assessorias esportivas é uma oportunidade de compreender
como essas se formam, expandem seus negócios e quais são as diferentes
estratégias de captação e manutenção dos alunos. Há forte vinculação, por exemplo, entre as assessorias esportivas e a expansão das provas de corrida de rua, conforme demonstrado nas pesquisas que venho realizando.
Conhecer o setor das assessorias esportivas é o primeiro passo para valorizá- lo. Afinal, é difícil valorizar o quê não se conhece.

    Fique por dentro de novidades da área esportiva!

    Assine e receba informações gratuitas sobre treinamentos e as melhores práticas esportivas.

    Oferecer treinamento aos empreendedores das assessorias esportivas também é um ponto de desdobramento dessas pesquisas. Pautar o poder público e os órgãos de classe com esses dados também são uma das formas de contribuir para criar um ambiente de negócios mais adequado, tal como solicitar locais mais seguros e constantemente vistoriados. As pesquisas podem ser encontradas em:

    http://temasemsaude.com/wp-content/uploads/2020/06/20308.pdf

    Autor: Prof. Dr. Carlos Henrique de Vasconcellos Ribeiro
    Coordenador do Bacharelado em Educação Física da Universidade Santa Úrsula

     

      Fique por dentro de novidades da área esportiva!

      Assine e receba informações gratuitas sobre treinamentos e as melhores práticas esportivas.

      Sobre o autor

      Unisport Brasil

      Deixar comentário.

      Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

      Share This
      /* ]]> */