Basquete 3x3: você conhece essa modalidade?
Basquete

Basquete 3×3: você conhece essa modalidade?

Escrito por Unisport Brasil

Uma das novidades na programação das Olimpíadas de Tóquio, em 2020, será o basquete 3×3. Essa modalidade surgiu com forte influência da prática do esporte nas ruas, que tem como principais características, a disputa acirrada no placar e a participação dos jovens com jogadas de efeito.

A partida é disputada em dimensões reduzidas e com três jogadores de cada lado, o que explica o seu nome. Apesar de ser um esporte relativamente novo, existem competições similares desde os anos 1980 e, segundo a Federação Internacional de Basquetebol (FIBA), são mais de 250 milhões de praticantes no mundo.

Quer conhecer melhor a história dessa modalidade e entender as suas regras? Continue a leitura!

O que é o basquete 3×3?

O basquete 3×3 é uma modalidade do basquetebol disputada com regras diferentes das tradicionais. A sua história está ligada à prática desse esporte nas ruas do mundo inteiro. Onde jovens aficionados jogam em quadras públicas, utilizando apenas uma cesta e com número reduzido de jogadores.

Quer se tornar um especialista da área esportiva?

Assine e receba informações gratuitas sobre treinamentos e as melhores práticas esportivas!

Em cada partida, equipes com 3 jogadores se enfrentam com o objetivo de marcar o maior número de pontos em dez minutos. Aqui, eles utilizam a mesma cesta e, pelo espaço menor, devem trocar passes com maior rapidez ou utilizar o seu arsenal de dribles e jogadas plásticas para superar os adversários.

Um dos objetivos da FIBA com a profissionalização dessa modalidade, é ajudar no crescimento do basquete em todo o mundo. O esporte está entre os mais praticados do planeta e conta com competições internacionais relevantes, como o Campeonato Mundial, as Olimpíadas e a NBA (liga norte-americana), que é um dos maiores torneios de clubes do planeta.

Existem mais de 50 mil atletas profissionais (federados) na FIBA, com milhões de jogadores amadores no planeta. A equipe brasileira está na disputa por uma das vagas nas Olimpíadas e a ANB3x3 é a federação responsável por organizar os torneios no país — todos eles são classificatórios para as etapas mundiais.

Como surgiu o basquete 3×3?

As raízes do basquete 3×3 estão no Streetball, que é uma forma do jogo muito conhecida nas quadras pelo mundo e jogada de forma amadora. Nos anos 1980, nos Estados Unidos, surgiram os primeiros torneios dessa modalidade, que convidavam jogadores de todo o país para participar.

Nesse período, nomes, como “The Professor”, ficaram conhecidos pela sua habilidade no basquetebol de rua e criaram uma base de fãs que impulsionou o crescimento desse tipo de jogo. Atualmente, além dos torneios da FIBA em preparação para as Olimpíadas, também existe o BIG3, que tem regras similares e reúne ex-atletas profissionais.

É possível dizer que o basquete 3×3 ainda é uma novidade, principalmente pelo seu curto tempo de profissionalização. Contudo, com a vitrine que ele terá em Tóquio, existe a grande chance de massificação do jogo, o que pode aumentar a prática em escolas e faculdades.

Quais as principais regras do basquete 3×3?

Como uma forma de profissionalizar esse esporte, a FIBA definiu um conjunto de regras para o basquete 3×3. O jogo é similar ao basquetebol mais conhecido, com o objetivo de fazer o maior número de cestas. Entretanto, houve mudanças na dinâmica para uma maior agilidade e disputa nos lances.

Fizemos um resumo das principais regras dessa modalidade. Confira:

  • tamanho da quadra: 15×11 metros;
  • número de jogadores: 3 em cada equipe, com um reserva e um técnico (que não fica no banco);
  • arbitragem: um ou dois árbitros, além dos responsáveis pelo tempo e pelo placar;
  • período de jogo: primeira equipe a marcar 21 pontos ou o líder no placar após 10 minutos;
  • prorrogação: se o jogo terminar empatado, ganha a equipe que marcar dois pontos primeiro;
  • pontuação: existem jogadas de um ponto (lance livre e arremessos dentro da linha) ou dois pontos (arremessos fora da linha);
  • pedido de tempo: cada equipe tem direito a um tempo de 30 segundos por jogo.

Quais as diferenças entre o basquete 3×3 e o basquete tradicional?

As regras do basquete 3×3 são adaptadas para dar mais dinamismo ao jogo, mas os fundamentos básicos do esporte são os mesmos. A primeira grande diferença é no tamanho da quadra, que equivale à metade da tradicional. Isso vem da inspiração da modalidade na prática urbana, que, em geral, utiliza apenas uma cesta.

No basquete, cinco jogadores, de cada lado, disputam a partida, com variação no número de reservas (na NBA, por exemplo, oito jogadores podem ficar como opção). O basquete 3×3 é mais restritivo, com três jogadores de cada lado em quadra, além de apenas um reserva.

O que muda é o valor de cada jogada: os arremessos atrás da linha dos três pontos valem dois e aqueles dentro da linha valem somente um ponto. O lance livre vale um ponto normalmente.

Também, existe uma diferença na posse de bola. Ao contrário dos 24 segundos para finalizar o ataque, as equipes devem definir o ponto em 12 segundos. Em caso de empate, a prorrogação não dura cinco minutos como no esporte tradicional — a equipe que marcar primeiro dois pontos fica com a vitória.

Qual é o histórico do basquete 3×3 em competições internacionais?

Os primeiros testes para a consolidação do basquete 3×3 começaram no início dos anos 2000, com a organização da FIBA. Em 2007, a modalidade participou do Asian Indoor Games, na China, e a estreia em competições internacionais veio em 2010, nos Jogos Olímpicos da Juventude em Cingapura.

Desde o início, o objetivo da FIBA era popularizar esse esporte, que é muito praticado nas ruas. Com isso, foram criados os primeiros torneios específicos, como o FIBA 3×3 World Tour, que é um torneio realizado desde 2011, em que os times representam cidades e disputam uma premiação em dinheiro.

A consagração máxima do basquete 3×3 veio em junho de 2017, quando o Comitê Olímpico Internacional (COI) anunciou a sua inclusão nas Olimpíadas de 2020, que será disputada no Japão. Com isso, foi criado um ranking internacional e oito países, em cada gênero, disputarão as medalhas de ouro nessa categoria.

O basquete 3×3 é apenas uma das novas modalidades que surgem com o desenvolvimento do esporte. É importante que você conheça a sua história e as suas regras para apresentar aos seus alunos e, além de aumentar o interesse pelas aulas, encontrar novos atletas que possam representar o Brasil nas competições internacionais.

Quer receber mais artigos exclusivos sobre esporte e educação física? Assine a nossa newsletter e fique informado!

Quer se tornar um especialista da área esportiva?

Assine e receba informações gratuitas sobre treinamentos e as melhores práticas esportivas!

Sobre o autor

Unisport Brasil

Deixar comentário.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Share This