Conheça as principais referências do futsal no Brasil
Futsal

Conheça as principais referências do futsal no Brasil

Escrito por Unisport Brasil

Quem trabalha na área sabe o quão difícil é montar um time imbatível no futebol de salão. Para fazê-lo, é necessário realizar muitos estudos, buscar especializações e aprender com as grandes referências do futsal no Brasil e no mundo.

Pensando nisso, elaboramos este post a fim de elencar alguns dos principais técnicos e jogadores que já trabalharam com o esporte em nosso país. Assim, você poderá se inspirar no que eles fizeram e utilizar alguns exemplos em seu próprio trabalho.

Leia o texto até o fim para saber mais!

Falcão

É praticamente impossível falar de futsal e não pensar em Falcão, tamanha a relevância que ele tem para o esporte. Alessandro Rosa Vieira nasceu em 1977, em São Paulo (SP).

Sua trajetória nas quadras, em 1991, teve início em um clube da Zona Norte da capital paulista, o AACC Guarapira. Um ano depois, chamou bastante atenção de outras equipes e foi transferido para o Corinthians. Posteriormente, ainda jogou em times de Minas Gerais, de Santa Catarina e do Rio de Janeiro. Em 2005, tentou a sorte no campo, jogando pelo São Paulo FC.

O ala esquerda de incomparável habilidade fez, de acordo com esta matéria do Globoesporte.com, 384 gols em jogos oficiais pela seleção brasileira. Com a camisa amarela, vestida pela primeira vez em 1998, aos 22 anos de idade, ele disputou mais de 200 partidas e ganhou 25 títulos oficiais.

No entanto, os recordes de Falcão no cenário nacional não param por aí. Afinal, ele se tornou o maior artilheiro em copas do mundo da modalidade. Outro dado que chama atenção é o fato de ser o jogador que mais gols fez entre as seleções de todos os esportes que jogam bola com os pés (futebol, futsal, beach soccer e showbol).

Uma curiosidade interessante é que ele herdou esse apelido de seu pai, João Eli Vieira, que jogava na várzea. A origem da alcunha remete a Paulo Roberto Falcão, jogador de campo que fez muito sucesso com as camisas do Internacional de Porto Alegre e da seleção de futebol.

Como se não bastassem as honrarias de bicampeão do mundo (2008 e 2012) e o fato de ser apontado quase que de forma unânime como o maior atleta que o salão já teve, ele ainda faturou importantes prêmios individuais, como inúmeras artilharias e duas Bolas de Ouro FIFA (2004 e 2008).

Manoel Tobias

Manoel Tobias foi chamado, não à toa, de “rei do futsal”. Eleito como melhor jogador do mundo pela FIFA em três oportunidades (2000, 2001, 2002), ele iniciou sua carreira em 1989, no Candeias Clube de Turismo, situado em Curitiba.

Ao sair da capital paranaense, ele ainda passou por times do nordeste antes de voltar a brilhar nas quadras do sudeste brasileiro. Viveu seu auge quando era atleta do Ulbra (RS) e foi campeão do mundo com a seleção na Copa do Mundo de 1996, realizada em Barcelona, na qual ainda se consagrou individualmente como maior goleador e melhor jogador da edição.

O talento de Manoel com a bola ainda se fez valer na Copa de 1992, quando o Brasil também terminou como grande vencedor, e em 2000, por ter alcançando a artilharia. Apesar de seus 20 gols, o título não veio nesse ano.

PC de Oliveira

O treinador Paulo César de Oliveira tem uma grande contribuição para a evolução tática do futebol de salão do Brasil. Sempre teve como mais importantes virtudes a capacidade de comunicação com o time e a competência para resolver os mais diversos problemas apresentados durante as partidas.

Nascido em 1960, PC de Oliveira, como ficou conhecido, foi jogador antes de ser técnico. Curiosamente, jogou no campo e no salão atuando como meia e fixo, respectivamente. Por conta do maior sucesso e do tempo jogando em quadra, acabou virando técnico dessa modalidade em 1994, quando treinou o Itaqui.

Tornou-se referência principalmente pelas campanhas que fez dirigindo a seleção brasileira entre os anos de 2005 e 2009. Nesse período, conseguiu vencer a Copa do Mundo de 2008. Teve experiência em diversas equipes nacionais e também passou pelo Playas de Castellón, da Espanha.

Lenísio

Frequentemente apontado como um dos melhores da história em sua posição, Lenísio fez parte da geração campeã do mundo em 2008. O pivô também foi o artilheiro da Liga Brasileira de Futsal em cinco edições (1997, 2000, 2001, 2002, 2009).

Esses feitos colaboraram para que ele atingisse, em determinado momento, o posto de segundo maior goleador da história da competição, ficando atrás apenas de Manoel Tobias.

Sua carreira se iniciou em 1994, no Guarulhos (SP). Em 1998, foi jogar no Atlético Mineiro, onde fez bastante sucesso, chamando atenção do clube espanhol El Pozo Murcia, que o contratou.

Atuando na liga da Espanha, Lenísio também obteve grandes conquistas no âmbito individual, sendo eleito como destaque da temporada em três oportunidades e faturando a artilharia. Aposentou-se em 2012, em virtude da sequência de lesões sofridas em suas últimas temporadas.

André Bié

Conhecido pela boa aplicação do conceito de modelo de jogo e pela forma de conduzir seus trabalhos, André Bié fez uma temporada memorável como técnico do Corinthians em 2016. Sua equipe, campeã da Liga Paulista e da Liga Nacional chamou atenção pelo desempenho, além, é claro dos resultados obtidos.

Não por acaso, acabou sendo indicado ao prêmio de melhor treinador da temporada em eleição realizada pelo portal Futsal Planet, conforme noticiou a Gazeta Esportiva no começo de 2017.

O mérito ainda fez com que Bié fosse convocado para dirigir a seleção de forma interina em dois jogos amistosos. Em entrevista concedida ao site da escola de futebol Bate Bola, na qual atua como gerente, ele destaca a importância de considerar questões que fogem do aspecto esportivo: “Eu vejo o atleta como ser humano. Acho que isso é muito importante, mostrar para o atleta que a gente vê cada um deles como ser humano, e entender”.

Enfim, as referências do futsal servem para que os profissionais que atuam na área cresçam. O simples gesto de buscar inspiração em quem já fez sucesso, quando aliado à aquisição de conhecimento, é um caminho para alcançar grandes conquistas.

Se você gostou deste texto e quer receber outros conteúdos sobre esporte em seu e-mail, assine a nossa newsletter gratuita!

Quer se tornar um especialista da área esportiva?

Assine e receba informações gratuitas sobre treinamentos e as melhores práticas esportivas!

Sobre o autor

Unisport Brasil

Deixar comentário.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Share This