Formação de atletas mirins: entenda qual o papel dos pais neste processo Formação de atletas mirins: entenda qual o papel dos pais neste processo
Aprendizado

Formação de atletas mirins: entenda qual o papel dos pais neste processo

Escrito por Unisport Brasil

O Brasil é um país com uma forte cultura desportiva. O futebol, por exemplo, é uma verdadeira paixão nacional, despertando o interesse de meninos e meninas desde muito cedo. Além disso, outras modalidades vêm ganhando a atenção dos pequenos, dos esportes coletivos até os individuais. E, com eles, a necessidade de investir na formação de atletas mirins.

Você sabe qual é o papel dos pais nessa jornada? Fique conosco até o final deste post e compreenda como você pode dar suporte e garantir a segurança dos seus filhos enquanto eles buscam seu desenvolvimento e a realização dos seus sonhos no esporte. Aproveite a leitura!

Qual é a importância do envolvimento dos pais?

O esporte é largamente conhecido por auxiliar no desenvolvimento de crianças e adolescentes, por incentivar o espírito de equipe, a ética e a boa conduta. No entanto, para que uma criança tenha uma jornada saudável nessa área, é preciso tomar algumas precauções.

Incentivar e apoiar os filhos nas suas escolhas é algo que qualquer pai ou mãe carrega consigo. No entanto, não se trata só disso. No esporte, quem decide seguir carreira precisa de dedicação, comprometimento e disciplina, não importa a idade. Por isso, o papel dos pais é ainda mais relevante.

Fique por dentro de novidades da área esportiva!

Assine e receba informações gratuitas sobre treinamentos e as melhores práticas esportivas.

Quando se trata de crianças, é importante salientar que a linha entre diversão e exploração no esporte é muito tênue. Por isso, cabe aos pais a gestão da carreira e o equilíbrio entre as atividades do menor. Pertence a eles a responsabilidade de assegurar que o aprendizado e desenvolvimento dos filhos seja prazeroso e adequado para a sua idade.

É importante que os pais sejam incentivadores dos seus filhos, que participem da rotina de treinos e que ajudem a identificar as melhores oportunidades.

Quais são as responsabilidades dos pais na formação de atletas mirins?

Você já entendeu o quanto é importante se manter presente e participativo nessa missão. Agora, descubra quais são as suas responsabilidades específicas como pai ou mãe em relação ao desenvolvimento e a formação de atletas mirins.

Buscar profissionais credenciados

Se a prática de esportes ocorre por lazer, o credenciamento não é uma necessidade. Mas, se você e seu filho encaram isso como uma oportunidade profissional, é melhor procurar por preparadores credenciados. Escolher o melhor treinador depende de um processo de triagem rigoroso, que você precisa estabelecer.

Sempre que surgir um olheiro, procure saber se a sua equipe é credenciada, seja pela Fifa ou pela Academia Brasileira de Treinadores, por exemplo. Também é importante ficar atento para golpes e fraudes, portanto, lembre-se de pesquisar bastante e peça a ajuda de alguém da área para garantir a segurança do seu filho.

Analisar o centro de treinamento

Depois dos primeiros contatos com o profissional que está interessado pela carreira do seu filho, ele ainda precisará passar por testes e mais testes. Assim, você deverá acompanhá-lo ao centro de treinamento e checar a sua infraestrutura.

Lembre-se que cuidado nunca é demais quando o objetivo é garantir a proteção das crianças. Portanto, peça para checar os alvarás de funcionamento do espaço, dê uma boa olhada nos equipamentos de treino, nas acomodações (se houver) e qualquer outro detalhe que demonstre que o local é seguro. Se o centro de treinamento for sério e comprometido, não se importará de fazer essa checagem com você.

Avaliar os meios de transporte

O transporte também é um passo importante a ser checado pelos pais ao encaminharem os filhos para um centro de treinamento. Quando as equipes participam de campeonatos e torneios, precisam ser deslocadas do CT para o local da competição, seja na mesma cidade ou em uma cidade vizinha.

Certifique-se de que esses transportes são seguros, que os veículos estejam em bom estado e que a equipe cobre das crianças as medidas de proteção, como o uso do cinto de segurança, por exemplo. Apesar de não estar dentro da estrutura da organização, as crianças estão sob responsabilidade dela, portanto, cobre zelo.

Powered by Rock Convert

Evitar o excesso de treinamento

Quando o treinamento é excessivo e as cobranças massivas, o esporte deixa facilmente de ser algo prazeroso para ser uma verdadeira tortura. Crianças precisam brincar, ter um bom desempenho escolar e um tempo de qualidade com a família. Por isso, sempre que alguma dessas áreas deixa a desejar é sinal de que os treinos estão tomando muito espaço.

A criança pode sofrer muitos malefícios com isso, desde os danos que o excesso de atividade física pode causar até distúrbios psicológicos pela pressão e cobrança exacerbadas. O esporte deve ser encarado como um estilo de vida e um instrumento educativo, nunca como uma obrigação.

Impedir a exploração de atletas mirins

Muitas crianças têm o sonho de se tornar atletas profissionais. Em nome disso, acabam se submetendo a situações de verdadeiro abuso e exploração, como o trabalho excessivo e más condições de acomodação. É responsabilidade dos pais ficar de olho e denunciar qualquer atividade suspeita.

Quando as crianças são privadas de ter contato com a família, têm seu desempenho educacional lesado ou não possuem a formalização do contrato como atleta, deve ser acionado o Ministério Público do Trabalho, a Coordenadoria Nacional de Combate à Exploração do Trabalho de Crianças e Adolescentes ou qualquer outro órgão responsável na sua região.

Escolher a melhor oferta

Entre as boas opções, livres de exploração e com boa infraestrutura, é preciso escolher aquela que melhor se encaixa na formação de atletas mirins. Ninguém melhor do que os pais para avaliar o que será mais benéfico para seus filhos. A escolha da melhor oferta não pode ser feita com base na empolgação dos pequenos.

Por isso, busque avaliar o que cada instituição oferece, o plano de desenvolvimento que ofertam, quais são as vantagens de cada um e, é claro, como a rotina de treinamento se encaixa no dia a dia da criança. Lembre-se sempre de buscar pelo equilíbrio entre disciplina, diversão e tempo livre.

Como você viu, iniciar um filho na carreira esportiva pode exigir alguns cuidados. Existem muitos riscos e, por isso, é importante ficar de olho. No entanto, é possível encontrar instituições sérias e com bons planos de formação de atletas. Você só precisa estar atento.

Agora que você já sabe tudo sobre as suas responsabilidades na formação de atletas mirins, será que essa carreira é para o seu filho? Descubra se o alto desempenho esportivo é um talento inato ou pode ser desenvolvido!

Powered by Rock Convert

Fique por dentro de novidades da área esportiva!

Assine e receba informações gratuitas sobre treinamentos e as melhores práticas esportivas.

Sobre o autor

Unisport Brasil

Deixar comentário.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Share This