Formações e táticas para Futsal: entenda a importância do desenho tático!
Futsal

Formações e táticas para Futsal: entenda a importância do desenho tático!

Formações e táticas para Futsal
Escrito por Unisport Brasil

Muitas vezes, em um campeonato, o sucesso ou fracasso de um time é atribuído ao seu técnico. Isso se deve ao fato de esse profissional ser o responsável por pensar as formações e táticas de um time. Ou seja, se ele é mais ofensivo, defensivo ou se mescla ambas características.

No futsal, essa lógica também é mantida com essa figura decidindo as possibilidades da sua equipe. Neste texto, vamos detalhar as estratégias que podem ser desenvolvidas, suas diferenças e como aplicá-las com os seus jogadores.

Se você está treinando uma equipe de futsal ou prestes a escolher um treinador para esse tipo de esporte, continue lendo e saiba mais sobre o assunto já!

O que é desenho tático?

O termo desenho tático tem relação com o posicionamento da equipe de futsal em quadra. Ou seja, o modo como os jogadores se posicionam e trocam de função, já que nesse esporte a movimentação é muito intensa.

Fique por dentro de novidades da área esportiva!

Assine e receba informações gratuitas sobre treinamentos e as melhores práticas esportivas.

A figura do treinador é importante porque trabalha com as características dos seus jogadores em mente, com aquilo que conhece da equipe adversária e com o que o próprio time apresenta durante uma partida — mudando funções e ações de sua equipe rapidamente para ter sucesso.

Conheça os nomes do posicionamento dos jogadores de futsal e como eles ficam em quadra inicialmente:

  • goleiro: atleta que fica no gol e defende o time dos ataques do adversário, tem entrosamento com a defesa e faz a reposição da bola rapidamente;
  • fixo: último jogador da defesa, movimenta-se bastante ao fazer a proteção da meta e ajuda os alas a armar as jogadas;
  • alas (direito e esquerdo): fazem a ligação entre a defesa e o ataque. Ajudam a conter as ofensivas do adversário e avançam a bola para a ação do pivô. No futsal, temos um ala direito e outro esquerdo;
  • pivô: é o jogador mais avançado no lado adversário, quem constrói as jogadas ofensivas, faz as finalizações e ajuda a fechar o meio da quadra.

Quais os principais sistemas táticos?

Como dissemos, a posição inicial dos jogadores deve ser apenas para marcar funções no início do jogo. Para que a partida tenha mais agilidade e dinamismo no ataque e defesa, os jogadores devem se submeter a um desenho tático que os possibilite dominar o maior espaço na quadra e atingir o gol adversário. Veja os principais sistemas estratégicos do esporte!

Sistema 3×1 ou diamante

É uma das formações mais comuns no futsal, pois oferece equilíbrio entre defesa e ataque. Ela se caracteriza com um jogador dedicado ao ataque (pivô), um na defesa (fixo) e os dois alas (direito e esquerdo) apoiando defesa e ataque.

Nesse desenho, temos a responsabilidade ofensiva em cima de um jogador com habilidades no ataque e outro na defesa, deixando o time mais compacto para defender e atacar.

Mas se os dois alas se concentrarem muito no ataque, isso poderá deixar a defesa frágil e o fixo sobrecarregado. O contrário também pode prejudicar o ataque, caso eles se apenas para ajudar o fixo na defesa.

Sistema 2×2 ou quadrado

Aqui, os quatro jogadores de quadra se dividem em duas áreas: defesa e ataque, formando uma espécie de quadrado no salão. Dois jogadores são sempre orientados a ficar mais avançados para penetrar na área adversária, e dois mais recuados para fazer a proteção do gol.

Esse sistema oferece uma vantagem ótima de adaptação para quem está começando no esporte, além de equilíbrio entre defesa e ataque. Já como desvantagem, ele pode restringir a movimentação dos jogadores e comprometer a defesa, caso não haja um bom revezamento do time ou comunicação entre seus jogadores.

Sistema 4×0

Sistema empregado por equipes profissionais e com jogadores de alto nível, já que parte da premissa de que os jogadores da quadra vão se mover de uma só vez fazendo tabelas de ocupação de espaço rumo ao ataque.

Powered by Rock Convert

Tem movimentação dinâmica, leva dificuldade à equipe adversária devido à grande movimentação e proporciona boas chances de saída de marcação acirrada e mais posse de bola.

Já as desvantagens ficam por conta da necessidade de todos dominarem o sistema tático para não desequilibrar nenhuma função, estarem em ótimo condicionamento físico e terem cuidado com a defesa, já que a grande movimentação deixa a equipe mais descoberta.

Sistema 3×2

Sistema ousado que promove a saída do goleiro e o coloca como jogador de linha. Ele participa de jogadas de ataque de sua equipe. Os jogadores não mudam de posição muitas vezes e tentam cansar os adversários passando a bola rapidamente em todos os cantos da quadra.

Entre as vantagens, estão a maior opção de jogadores para atacar e mais possibilidades de finalizações. A desvantagem fica por conta da exposição do gol a um contra-ataque.

Quais as diferenças entre futsal defensivo e ofensivo?

Basicamente, as diferenças do futsal defensivo para o ofensivo passam pelo modo como o treinador vai organizar a equipe em quadra para vencer a partida.

A partir das formações e táticas já mostradas aqui, é possível ter um time mais avançado, que vai tentar ganhar espaço na quadra adversária para fazer o gol, ou mais armado defensivamente, que dificulta a penetração dos jogadores adversários e vai contra-atacar quando acontecer o erro alheio.

Que formações e táticas escolher para o seu time?

Uma postura mais ofensiva ou defensiva vai depender das características do time e das possibilidades que ele pode administrar. Um grupo com mais dificuldade de correr e se movimentar terá mais problemas com um sistema 4×0. Em um caso assim, talvez seja melhor usar um 3×1 ou 2×2, com menos movimentação e passes mais precisos.

Já jogadores habilidosos e ágeis poderão se dar bem em um sistema 3×1, alternando com um 4×0, para dar mais velocidade e ação ao time, apostando na movimentação com mais posse de bola e chances de gol.

Quais características o treinador deve trabalhar em seus jogadores?

De posse dos desenhos táticos, o treinador precisa começar a observar seus jogadores para perceber onde eles atuam melhor, se há chances de adaptação em funções extras com treinamento e apostar nos talentos individuais.

Boa parte dos membros da equipe em quadra deve saber fazer tudo. Mas um jogador com mais domínio de bola e velocidade, certamente tenderá a ficar na frente para ser o pivô. Já a capacidade de distribuição de bola e o domínio dela caem bem em alas e em um fixo, possibilitando que eles alternem as funções em quadra em diferentes desenhos táticos e dando mais qualidade ao time.

Como vimos, o olhar atento de um treinador é fundamental para o sucesso de uma equipe de futsal. Ele observa os tipos de jogadores em sua equipe, suas qualidades e como se adaptam a diferentes formações e estratégias de jogo.

Jogadores ágeis e habilidosos conseguem assumir posturas mais ofensivas em desenhos táticos como 3×1 ou 4×0. Já formações como a 2×2 ou até a 3×1, privilegiam atletas com maior capacidade de distribuição, como os alas e os fixos. Nada impede ainda que jogadores sem essas características possam ser treinados. Um bom técnico saberá desenvolvê-las e acrescentar isso ao seu trabalho.

Se você ficou interessado em saber mais sobre formações e táticas no futsal, que tal entrar em contato com a gente e conhecer alguns dos nossos cursos?

Powered by Rock Convert

Fique por dentro de novidades da área esportiva!

Assine e receba informações gratuitas sobre treinamentos e as melhores práticas esportivas.

Sobre o autor

Unisport Brasil

Deixar comentário.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Share This
/* ]]> */