Iniciação no handebol: entenda como desenvolver os fundamentos do esporte
Handebol

Iniciação no handebol: entenda como desenvolver os fundamentos do esporte

Escrito por Unisport Brasil

Praticar esportes é um hábito que traz benefícios para o corpo e a mente. Nesse sentido, a iniciação no handebol pode ser uma excelente oportunidade tanto para cuidar da saúde física e deixar o corpo saudável quanto para melhorar a qualidade das relações sociais e ampliar o círculo de amizades.

O handebol é um esporte coletivo competitivo que ganhou força na Alemanha, onde foi aperfeiçoado e tomou a forma como o conhecemos hoje, sendo difundido para o mundo com o passar dos anos.

É muito importante conhecer as regras e as técnicas que envolvem essa atividade e como é possível devolver as habilidades dos alunos da melhor maneira. Se você é formado na área e quer se qualificar para ter mais sucesso na carreira, mas não sabe por onde começar, este artigo foi feito para você.

Aqui, vamos apresentar as recomendações básicas que envolvem a iniciação no handebol e quais são os fundamentos técnicos dessa atividade para o treinamento com iniciantes. Por isso, continue a leitura!

Quer se tornar um especialista da área esportiva?

Assine e receba informações gratuitas sobre treinamentos e as melhores práticas esportivas!

Empunhadura

A empunhadura é considerada um dos fundamentos mais importantes desse esporte. Trata-se, nada mais nada menos, do que o movimento que serve de base para todos os outros fundamentos.

A empunhadura diz respeito à forma como o jogador segura a bola de handebol nas mãos. A maneira correta é agarrar a bola com as falanges dos cinco dedos, exercendo pressão sobre a superfície do objeto para que ela não caia e fique presa.

Dessa forma, os dedos envolvem a maior parte da bola de handebol. A palma da mão é posicionada de maneira que forme um ângulo côncavo. É importante mencionar que os dedos polegares devem aplicar pouca força sobre a bola para melhorar a qualidade do movimento.

Recepção

A recepção consiste no fundamento de receber a bola e protegê-la, evitando a perda da posse para a equipe adversária. Ela é um movimento essencial para desenvolver uma posterior ação individual ou um esquema tático com os parceiros do time.

Falhas na recepção trazem impactos como perda da chance de iniciar um ataque efetivo, possibilidade de ocorrência de contra-ataque do adversário etc.

Para ter um movimento de recepção preciso, o jogador deve se locomover da posição esperada e ir até a bola. A recepção deve ser realizada com as duas mãos em sentido paralelo e em forma côncava para a frente. Essa posição é fundamental para um movimento mais exato.

É importante desenvolver as seguintes técnicas:

  • manter os olhos na bola;
  • caminhar até a bola;
  • no momento da recepção, segurar a bola com ambas as mãos;
  • assim que receber a bola, protegê-la para que o adversário não a tome de você.

É importante conhecer os erros que acontecem com frequência para evitá-los:

  • manter a palma das mãos uma para a outra;
  • não segurar a bola com a mão, apenas com os dedos;
  • mão não estar em posição côncava;
  • braços estendidos que dificultam a amortização do impacto causado pela bola.

Passe

É um fundamento essencial no handebol. Ele permite o desenvolvimento dos movimentos e a continuidade da partida entre os jogadores, seguindo os princípios de ofensiva.

O passe é responsável pela transferência da bola de um jogador para outro da mesma equipe. Uma boa execução desse fundamento pode trazer oportunidades de contra-ataques rápidos, ao passo que um movimento lento pode dar ensejo à perda da bola.

Os passes podem ser divididos nos seguintes tipos:

  • passe por acima do ombro;
  • passe em pronação lateral ou para trás;
  • passe por trás da cabeça no sentido lateral ou diagonal;
  • passe por trás do corpo em sentido lateral ou diagonal;
  • passe para trás, na linha da cabeça;
  • passe quicado.

Arremesso

O arremesso é o movimento de finalização cujo objetivo é ultrapassar a rede e marcar o gol. Nesse movimento a bola é suspensa com a palma da mão na linha atrás da cabeça e direcionada para a frente, com o cotovelo por cima da linha que acompanha o ombro. No exato momento em que há o arremesso, o úmero faz uma rotação e a bola é transferida para a frente.

A execução do movimento pode acontecer de algumas formas:

  • parado;
  • em suspensão;
  • com uma leve queda para frente;
  • com movimento de giro e queda;
  • com rolamento.

Ainda com relação ao arremesso, podem ser utilizadas algumas táticas defensivas, que levam em consideração o número de jogadores defensivos e o posicionamento dos pivôs:

  • sistema defensivo 6×0 — é o mais comum;
  • sistema defensivo 5×1;
  • sistema defensivo 1×2;
  • sistema defensivo 3x2x1;
  • sistema defensivo 5+1;
  • sistema defensivo 4×2.

Drible

O drible consiste no movimento de jogar a bola no solo com uma das mãos, sendo que o jogador permanece parado ou em movimento para depois se deslocar no campo e partir para o contra-ataque ou realizar marcações individuais, mantendo sempre a bola em sua posse.

O seu objetivo principal é progredir até chegar ao campo do adversário e arremessar para o gol. Além disso, o drible tem as seguintes funções:

  • protege a bola;
  • auxilia no deslocamento da bola;
  • permite fintar a defesa e sair da marcação.

Nesse sentido, se o jogador segurar a bola, deverá realizar o passe para um parceiro da sua equipe ou fazer o arremesso. Por outro lado, se fizer o movimento de quicar novamente, será marcado tiro livre para o time contrário.

O drible pode ser dividido em dois tipos:

  • de progressão — é o drible alto, em que o jogador arranca com velocidade e realiza o movimento, ideal em contra-ataque;
  • de proteção — é o drible baixo, em que o jogador executa o movimento estando de costas ou de lado em relação ao jogador adversário. 

A iniciação no handebol pode ser uma ótima maneira de desenvolver habilidades até então desconhecidas. Mas antes de tudo, é muito importante identificar o nível de preparo e o condicionamento físico dos alunos antes de começar qualquer atividade esportiva. E ninguém melhor do que um profissional do ramo esportivo para identificar esses aspectos.

Atualmente, o mundo dos esportes está em alta, e o cenário é promissor. De olho nessa tendência, que veio para ficar, separamos um artigo ideal para quem quer se tornar um educador físico de sucesso. Não deixe de conferir!

Quer se tornar um especialista da área esportiva?

Assine e receba informações gratuitas sobre treinamentos e as melhores práticas esportivas!

Sobre o autor

Unisport Brasil

Deixar comentário.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Share This