Melhores times de vôlei do Brasil: a ascensão do Rio e do Cruzeiro
Vôlei

Melhores times de vôlei do Brasil: a ascensão do Rio e do Cruzeiro

Escrito por Unisport Brasil

Não somos apenas o país do futebol. Também temos outras potências esportivas em várias modalidades e agora vamos tratar de uma delas, mostrando a trajetória dos melhores times de vôlei do Brasil: Rio de Janeiro, no feminino, e Cruzeiro, no masculino.

Você saberá sobre a história dessas duas equipes, a estrutura que possuem, seus atletas principais, a qualificação dos treinadores desses times, entre outros detalhes. Acompanhe!

História do Rio de Janeiro: hegemonia na Superliga Feminina

O Rio de Janeiro Vôlei Clube começou no esporte sob o nome de Paraná Vôlei Clube, no ano de 1997. A equipe foi campeã duas vezes, nas temporadas 97/98 e 99/2000, sob comando técnico do maior campeão da história do vôlei mundial, Bernardinho, e com atletas de destaque como Erika e Fernanda Venturini. Além dessas conquistas, o time levou também a Copa Uberlândia e a Supercopa dos Campeões.

Em 2003, a equipe passou a ser chamada de Rio de Janeiro e, em 2004, Bernardinho estava de volta para levá-la ao estrelato. Na primeira temporada, chegou invicta à final, perdendo apenas para o Osasco. Nos anos seguintes, as meninas do Rio se tornaram as maiores campeãs da história da Superliga Feminina, com 12 troféus conquistados.

Quer se tornar um especialista da área esportiva?

Assine e receba informações gratuitas sobre treinamentos e as melhores práticas esportivas!

último título foi garantido no dia 23 de abril, diante do Osasco, após uma partida eletrizante entre as duas equipes, por 3 sets a 2. As meninas que são destaque atualmente da equipe do Rio de Janeiro são Monique, Gabi, Carol e a experiente líder e multicampeã pela seleção e pelo clube, Fabi. Agora o foco é o Mundial de Clubes, que vai ser disputado em Kobe, no Japão.

O comandante

Bernardo Rocha de Rezende, o Bernardinho, é considerado o maior vencedor da história do vôlei mundial, tanto com as seleções masculina e feminina, quanto pelo time do Rio de Janeiro. Ao todo, foram 32 conquistas.

Suas principais características são a liderança dentro do grupo, a forma como gere a equipe e todo o empenho e a dedicação ao longo de seus projetos. Além disso, Bernardinho está sempre se atualizando, ao buscar novas metodologias para implantar nos treinamentos. Desta maneira, ele se mantém no mercado e está sempre liderando o Rio de Janeiro em direção a novas conquistas.

Estrutura e parcerias

A estrutura do Rio de Janeiro é uma das melhores do Brasil. Além de contar com uma comissão técnica extremamente profissional, o clube tem espaços para os trabalhos físicos e técnicos, além de outras peças fundamentais para o desempenho das meninas, como nutricionistas, fisioterapeutas, entre outros.

Além disso, o clube tem parcerias muito fortes com a Rexona e com o Sesc, ferramenta sociocultural da Federação do Comércio do Estado do Rio de Janeiro (Fecomércio-RJ). Um exemplo disso é o Programa Sesc Esporte, que auxilia a equipe feminina, com foco em rendimento e desenvolvimento esportivo.

História do Cruzeiro: um dos melhores times de vôlei do Brasil

O Cruzeiro começou o seu projeto no vôlei no ano de 2006, na cidade de Betim, patrocinado pelo Sada, transportadora do município. No entanto, ainda não recebia o nome Cruzeiro, que viria apenas em 2009, o que trouxe a torcida de vez para o seu lado.

A partir daí o clube saiu de um projeto despretensioso para um time campeão de tudo. Desde 2010, o Cruzeiro participou de 30 campeonatos, chegando a 28 finais, perdendo apenas em quatro oportunidades.

Por isso, sua sala de troféus tem bastante história para contar. O Cruzeiro levou quatro Superligas nas temporadas 2011/12, 2013/14, 2014/15 e 2015/16, sete estaduais entre 2010 e 2016, duas Copas do Brasil, em 2014 e 2016, foi tricampeão do Torneio de Irvine, nos Estados Unidos, três vezes campeão sul-americano em 2012, 2014 e 2016 e venceu o tri no Mundial de Clubes, nas temporadas de 2013, 2015 e 2016.

Os principais destaques da atual equipe são Alan, Filipe, Simon, e Willian, mas já passaram pelo time outros destaques da seleção brasileira, como Wallace e Douglas.

O comandante

O técnico do Cruzeiro é o argentino Marcelo Mendez. Ele é um dos principais responsáveis pela grande trajetória do clube, que se tornou um dos melhores times de vôlei do Brasil.

Mendez chegou ao Cruzeiro em 2009, ano em que a equipe de Betim ganhou o nome do alvianil de Belo Horizonte. Antes disso, ele tinha sido campeão estadual com o Montes Claros, também de Minas Gerais.

Uma das principais características do argentino é o seu perfil estudioso, sempre em busca de novas tendências para o esporte. A outra é a capacidade que tem para deixar o ambiente leve entre os atletas, os membros da comissão técnica e os diretores. Além disso, se preocupa em subir revelações da base para o profissional, como foram os casos de Wallace e do cubano Yoandry Leal.

Com essa filosofia de trabalho e também seu currículo, o argentino figura entre um dos melhores técnicos de vôlei da América Latina e, também, o melhor treinador da Superliga Masculina.

Estrutura de ponta

O Cruzeiro se preocupa bastante com a formação dos atletas. O clube possui escolinhas de vôlei que atendem cerca de 1200 crianças e adolescentes, e a categoria de base também acumula títulos. Além disso, a boa gestão credencia o alvianil a ser um dos maiores clubes de vôlei do Brasil e do mundo, fazendo um bom trabalho de manutenção dos jogadores.

O Centro de Treinamento do Barro Preto, onde o Cruzeiro faz sua preparação, conta com uma estrutura de ponta, principalmente nos quesitos físico e nutricional. Uma empresa de biotecnologia, parceira do clube, faz análises de alta performance do “perfil metabólico” dos atletas, por meio de exames de sangue. O objetivo é manter seus jogadores em plena forma física, melhorar cada vez mais o desempenho e reduzir suas lesões.

Vale ressaltar o grande investimento feito pelo clube. A quantia gira em torno dos R$ 13 milhões por temporada, gasto semelhante ao do Trentino, da Itália, que é o maior vencedor da história do Mundial de Clubes de vôlei, e correspondente à metade da aplicação do Zenit Kazan, da Rússia, que gasta cerca de R$ 27 milhões. E são gastos bem feitos, o que credencia o Cruzeiro a ser um dos clubes de maior estabilidade financeira.

Agora que você conhece a história de dois dos melhores times de vôlei do Brasil, apresente-os para os seus amigos e fãs do esporte, compartilhando este texto nas redes sociais. Troque ideias, fale sobre outros destaques da modalidade e amplie seu conhecimento com eles!

Quer se tornar um especialista da área esportiva?

Assine e receba informações gratuitas sobre treinamentos e as melhores práticas esportivas!

Sobre o autor

Unisport Brasil

Deixar comentário.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Share This