Como deve ser feita a preparação física no futebol?

O futebol, sem dúvida, é o esporte mais famoso e mais praticado em todo o mundo, sendo uma modalidade de referência, sobretudo no Brasil, que exige cada vez mais dos jogadores devido à dinâmica do futebol moderno. Nesse sentido, é fundamental que a equipe esteja fisicamente preparada, para desempenhar ações intensas e diferenciadas, que possibilitem a melhor performance possível em campo.

Durante o jogo de futebol, os atletas são submetidos a várias situações táticas, técnicas, físicas e psicológica. Por isso, a intensidade de jogo e as ações realizadas variam muito e são norteadas por capacidades físicas, o que faz dele um esporte descontinuo.

Dessa forma, é importante o uso de estratégias específicas que consigam garantir uma boa preparação física no futebol. Afinal, precisa-se aprimorar diversas habilidades, como velocidade de corrida, raciocínio rápido, resistência, flexibilidade e movimentos precisos no chute, por exemplo.

Como deve ser feita a preparação física no futebol? Acompanhe este artigo e saiba quais são os principais aspectos importantes dessa prática. Boa leitura! 

A importância da preparação física correta para os atletas

Primeiramente, pode-se dizer que preparação física no futebol é usada para alcançar objetivos fisiológicos específicos, como otimizar as funções orgânicas e melhorar o desempenho esportivo, baseado em princípios científicos do treinamento desportivo, que, em geral, envolvem o aperfeiçoamento de capacidades e de estímulos existentes no jogo. 

Um bom preparo físico permite que o atleta mantenha um alto nível de rendimento no decorrer dos treinos e dos jogos, principalmente a alternar momentos de lenta e alta intensidade no futebol, com potência e resistência. Além disso, levando em conta a essência repetitiva e traumática do treinamento, a preparação física possibilita ao que o atleta suporte com mais rigor.

Embora todos os outros componentes apresentem um grau de importância, a preparação física deve ser essencial e consistente, já que uma partida de futebol possui duração de 90 minutos e o condicionamento físico é determinante para o jogo. Além disso, são disputados em média quatro competições durante o ano, com dois jogos semanais. Essa constância exige um preparo físico correto e de qualidade para resistir a maratona de jogos em alto nível, sem prejudicar o atleta com lesões musculares.

Portanto, é relevante que a preparação física seja vista como um conjunto de ações com o intuito de desenvolver, aperfeiçoar e estimular as aptidões físicas, técnicas e táticas dos atletas, buscando sempre respeitar os limites dos atletas.

Os benefícios em preparar os atletas

De modo geral, uma preparação física correta e de qualidade torna os jogadores mais qualificados e capazes para atuar dentro do campo durante as partidas. Além dessa, existem outras vantagens de preparar fisicamente os atletas para um esporte de alto rendimento como o futebol. Veja:

  • melhora o sistema cardiorrespiratório;
  • proporciona mais flexibilidade muscular, mobilidade, agilidade e concentração;
  • maximiza a força e a resistência muscular;
  • oferece menos riscos de lesões;
  • fortalece mais os músculos, tendões e ligamentos;
  • possibilita uma recuperação mais rápida
  • melhora as habilidades de coordenação motora;
  • promove a interação social;
  • incentiva a capacidade de competição e, ao mesmo tempo, de espírito de equipe.

Métodos e modelos de treinamento

Nesse tópico vale ressaltar, a princípio, a importância dos preparadores físicos no futebol, que são responsáveis por avaliar, planejar, desenvolver e monitorar as habilidades dos atletas de uma equipe. Além disso, o profissional deve oferecer aos jogadores uma recuperação adequada entre um jogo e outro.

Nesse contexto, existem exercícios característicos e métodos de treinamento que fazem grande diferença quando incorporados aos treinos dos jogadores. Listamos, a seguir, as principais estratégias para melhorar o preparo físico no futebol. Confira!

Aquecimento

Muitas pessoas acabam subestimando o aquecimento no futebol, contudo ele faz parte da fase preparatória tanto do treino quanto da competição. Isso porque, além de prevenir lesões, o aquecimento prepara o corpo para a atividade e se relaciona diretamente com o sucesso do desempenho.

Ao aquecer os músculos, a troca de substâncias metabólicas aumenta progressivamente, as reações de oxigenação se fortalecem e, consequentemente, o estado funcional dos sistemas cardiovascular e respiratório é adaptado.

Métodos de treinamento

A preparação física demanda estratégias que potencializem a resistência, a flexibilidade e a frequência cardiorrespiratória dos jogadores. E isso envolve treinamentos aeróbicos e anaeróbicos. Nesse caso, existem os métodos de treinamento, que se dividem em três grupos:

1. Método contínuo

A principal finalidade é melhorar a capacidade aeróbica. Conforme aumenta a intensidade da carga de resistência, percebe-se efeitos no sistema circulatório e no aumento da vascularização do músculo exigido, bem como melhor aproveitamento de oxigênio. Desse modo, o método contínuo considera o consumo máximo de fontes energéticas, de fibras musculares e outros fatores que afetam o desempenho do atleta.

2. Método Intervalar

A principal característica do método intervalar é apresentar treinos de duração curta, média e longa e pautas vantajosas, isto é, níveis de recuperação determinados. Nesse método, os treinamentos acentuados são estimulados para melhorar a capacidade anaeróbica e aeróbica, que são mais ou menos acentuadas, de acordo com a intensidade.

3. Método de repetição

O método de repetição é eficiente para melhorar a resistência dos jogadores. Trata-se da execução repetida de um percurso escolhido com maior velocidade possível. Ele ajuda significativamente a desenvolver capacidades e mecanismos regulatórios dos sistemas cardiovascular e respiratório, além de ser vantajoso para o metabolismo.

Um fator relevante que deve ser destacado é a compreensão de que o futebol, por ser um esporte complexo, integra sistemas internos do organismo do atleta. Por isso, deve-se levar em consideração as necessidades fisiológicas da posição que cada atleta desempenha dentro de campo, elaborando o treino de acordo com a necessidade de cada jogador.

Além disso, é fundamental que o preparador físico conheça a realidade do jogador e leve em consideração o método de treino específico, para que a preparação seja mais eficiente e assertiva.

Modelos de treinos

Com relação aos modelos de treinos, eles são necessários para aumentar o condicionamento físico dos atletas no futebol. Nesse caso, deve-se realizar treinamentos mais direcionados e inserir exercícios mais específicos que desenvolvam as capacidades motoras, como força muscular, resistência, velocidade, agilidade, flexibilidade, entre outros.

Abaixo, conheça algumas sugestões de treino:

  • Cones de agilidade — para treinar agilidade, desaceleração, controle do corpo e regularidade de tempo;
  • Barreira de salto — os saltos melhoram o rendimento, a velocidade e a explosão muscular, sendo usado treinamento pliométrico;
  • Corrida — ideal para treinar o condicionamento físico no futebol;
  • Abdominal — trabalha controle e coordenação motora;
  • Corda naval — os membros superiores e as pernas movimentam para buscar o equilíbrio.

Por fim, é evidente que quanto melhor a preparação física no futebol, maiores são as chances de os jogadores ficarem mais preparados, garantindo alto potencial para se destacar no meio esportivo.

Agora que você já sabe como deve ser feita a preparação física, que tal conhecer os serviços da UniSport Brasil? Uma empresa especializada em cursos, treinamentos e projetos focados na área esportiva. Entre em contato com a gente agora mesmo e fique por dentro das atualizações!

Curso de Futebol

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.