Qual a importância e como dar bons feedbacks para os atletas?
Aprendizado

Qual a importância e como dar bons feedbacks para os atletas?

Escrito por Unisport Brasil

O desenvolvimento de todo atleta depende de uma série de fatores, dentre os quais o uso de técnicas adequadas, esforço, motivação e o recebimento de feedback sobre o comportamento e o desempenho após o treino.

Um treinador eficiente que passa a sua impressão de maneira produtiva para os atletas após o seu treino ajuda a identificar os pontos fortes e os pontos que precisam de ajustes. Essa atitude permite conhecer o perfil de desempenho do atleta.

Neste artigo, vamos apresentar a importância de um treinador dar um feedback construtivo para o atleta. Acompanhe o conteúdo!

O que é feedback?

Feedback significa relatar as impressões sobre um fato, dar um resultado. No campo esportivo, o feedback é o conjunto de dicas que os educadores físicos fornecem aos atletas para que eles possam melhorar o seu comportamento e o seu desempenho de forma contínua.

Dessa maneira, ele está ligado à importância dos treinadores comunicarem as suas impressões para os atletas após a observação do jogo ou evento esportivo.

Qual é a importância de receber feedback?

Todo treino envolve um processo de ensino e de aprendizagem baseado nas orientações de um treinador e na interação entre ele e os atletas. Esse mecanismo engloba a observação da conduta e do desempenho para uma avaliação posterior por meio de feedback, fundamental para o desenvolvimento da equipe e do indivíduo.

Da mesma forma, o feedback permite saber o que deve ser melhorado nos treinos, bem como define a intensidade, duração e modalidade do programa que será mais adequado. Dessa maneira, os esportistas conseguem se desenvolver plenamente e alcançar os resultados esperados.

As primeiras semanas de treinamento esportivo podem servir apenas como uma observação para que o técnico identifique as dificuldades e avalie a situação de cada atleta.

Por outro lado, alunos que já treinam há bastante tempo também têm a necessidade de receber o feedback do treinador sobre o seu trabalho. Isso porque o aprimoramento é contínuo e, sabendo onde estão ocorrendo falhas, os resultados podem ser melhorados cada vez mais.

Como o feedback deve ser feito?

O envio de feedback no esporte envolve uma metodologia de trabalho eficiente e garante resultados satisfatórios se for feito de maneira adequada. Assim, a aplicação de princípios esportivos e seus conceitos no jogo garante uma observação mais completa e eficiente.

Elaborar um plano de treinamento e transmitir feedbacks é uma etapa fundamental para o desenvolvimento de um atleta. Diante desse cenário, conhecer o perfil, os desafios e as maiores dificuldades dele é um requisito importante para, a partir daí, estimular o desenvolvimento e melhorar o seu desempenho e as suas habilidades.

Além de ajudar o atleta a perceber os pontos que devem ser melhorados, essa espécie de relatório pode conter planilhas, gráficos e frações. Tudo isso ajuda a avaliar o desempenho atual e a garantir resultados futuros.

A transmissão de feedbacks é personalizada, uma vez que cada atleta tem as suas particularidades e características psicológicas únicas. Por isso, é importante observar, individualmente, cada um deles.

Qual é a diferença entre o feedback intrínseco e o extrínseco?

O feedback pode ser dividido em intrínseco e extrínseco. Confira a seguir as características de cada um.

Feedback Intrínseco

Consiste na informação que é passada como uma consequência natural do desempenho de um atleta. Assim, os aspectos dos movimentos intrínsecos podem ser observados de maneira direta pelos órgãos sensoriais, sem a necessidade de métodos ou aparelhos.

Feedback Extrínseco

É constituído pela informação proveniente do resultado da performance, conhecida por aparelhos ou outro meio artificial. O feedback extrínseco só é dado depois do intrínseco. Ele se divide em duas modalidades de informação: Conhecimento de Resultado e Conhecimento de Execução ou de Performance.

Como dar um feedback de qualidade para os atletas?

Vamos passar algumas dicas e orientações de como um feedback pode ser dado. Confira.

Dê o feedback logo que possível

O ideal é não demorar e passar as suas impressões assim que possível. Evite deixar para conversar com o atleta semanas depois. Além de atrapalhar o processo de desenvolvimento, o feedback pode já não fazer mais sentido.

Seja claro e preciso

O feedback deve ter uma linguagem clara e objetiva. Vá direto ao ponto, não faça rodeios desnecessários. Você pode começar estimulando positivamente, falando as atitudes boas que o atleta teve, para depois partir para as fraquezas.

Use um feedback descritivo

Não foque no lado pessoal do atleta e analise o seu desempenho na partida. Seja descritivo e foque no comportamento que acarretou a situação e os impactos que ele causou.

É muito importante não criticar a pessoa diretamente, mas sim enviar um feedback positivo, que encoraje aquele esportista a buscar melhorias.

Preserve a privacidade da pessoa

No momento de passar feedbacks, tome cuidado com as suas palavras. Se a impressão for negativa, evite fazê-lo na frente dos colegas para evitar constrangimentos.

Ouça o que a outra pessoa tem a dizer

O feedback não é um debate, não se trata de ganhar uma discussão. Por isso, assim que passar a sua mensagem, se certifique de que a pessoa entendeu o que você quis transmitir e pergunte se o atleta tem algo para acrescentar. Debata com ele possíveis melhorias, caso seja necessário.

Acompanhe o atleta posteriormente

Depois de você passar o seu feedback, é importante acompanhar os passos que o atleta vai dar após ouvir a sua mensagem e se ele vai mudar o comportamento. Esteja por perto para acompanhar o esportista e estimule mudanças de desempenho e de conduta se for preciso.

Diante de tudo isso, podemos constatar que o treinador deve ter em mente que transmitir um feedback produtivo e capaz de atender às necessidades dos atletas é um fator decisivo para que eles consigam melhorar o seu desempenho nos treinamentos.

Contudo, na maioria das vezes, nem sempre o feedback é positivo. Em muitas situações, ele tem um tom de crítica seguido de sugestão. O treinador deve usar uma pedagogia adequada para transmitir as suas impressões de maneira a manter o atleta motivado e disposto a assimilar a informação passada com o objetivo final de melhorar a sua performance individual e, por consequência, melhorar a qualidade da equipe como um todo.

Aprendeu como dar feedbacks produtivos para os seus atletas? Assine a nossa newsletter e fique por dentro das próximas dicas para se tornar um treinador de sucesso!

Sobre o autor

Unisport Brasil

Deixar comentário.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Share This