Seja um draft da NBA: aprenda como selecionar talentos de basquete
Basquete

Seja um draft da NBA: aprenda como selecionar talentos de basquete

Escrito por Unisport Brasil

Você está preparado para ser um draft da NBA? A busca por talentos no esporte é uma tarefa destinada a muitos técnicos esportivos, que se dedicam para trazer aos seus clubes as melhores promessas.

No basquete esse cenário não é diferente e, apesar de parecer fácil, selecionar bons talentos requer conhecimentos teóricos e práticos. Diante de tantas opções, os treinadores precisam saber como diferenciar os atletas comuns daqueles que se destacarão no futuro.

Para te ajudar nesta missão, criamos este post com dicas importantes sobre o que o treinador deve levar em consideração na hora da escolha. Confira!

Avaliar as características físicas

As características físicas de um jogador são os primeiros atributos a serem analisados pelos drafts, pois são de fácil visualização e não necessitam de muitas observações em um primeiro momento.

Em geral, os treinadores buscam atletas altos, fortes, velozes, com boa envergadura, coordenação, postura, resistência e sem histórico de lesões.

A importância atribuída a cada uma das características pode variar de acordo com a posição de cada jogador. Confira as principais:

Armador

O armador é o responsável por comandar as jogadas de ataque da equipe, por isso precisa ser veloz, tendo uma boa capacidade de reação e deslocamento. Além disso, ele é o primeiro homem na linha de defesa, por isso precisa de boa flexibilidade e força nos membros inferiores e superiores. Somados a estas características, a agilidade e o condicionamento físico também são fatores que constituem um físico ideal de um armador.

Ala

Uma das principais funções do ala, ou extremo, é combater os contra-ataques da equipe adversária e criar contra-ataques a favor do seu time. Por esse motivo, ele precisa ser veloz. As suas características são praticamente as mesmas do armador, ou seja, um bom ala precisa ter uma ótima velocidade de reação, resistência, flexibilidade, agilidade e força.

Pivô

Os pivôs são os jogadores que ficam mais próximos à cesta, e têm como principal objetivo acertar o arremesso. Uma das principais características procuradas nesses jogadores é a altura. Além dela, a agilidade também é muito importante, visto que um deles precisa bloquear o armador do time adversário para que o outro consiga realizar o arremesso.

A envergadura e o comprimento dos membros superiores e inferiores são outras atribuições que os treinadores buscam ao selecionar esses jogadores.

Observar as características específicas

É óbvio que todos os drafts da NBA analisam o tipo físico do jogador, além do histórico familiar. Porém, a seleção de atletas leva em conta muitos outros fatores para separar jogadores bons daqueles que serão destaque no futuro.

As características específicas contribuem nesse sentido, e são muito importantes na seleção de talentos. Separamos algumas delas para você anotar e aplicar em sua próxima escolha de jogadores. Veja a seguir:

Senso de quadra

O senso de quadra é um ponto importante e que precisa ser analisado. De nada adianta um jogador habilidoso que não entenda como o jogo funciona. A maioria dos atletas tem um bom desempenho quando realizam jogadas específicas, que são treinadas no cotidiano da equipe.

No entanto, grande parte deles tem dificuldades durante o jogo, pois necessitam conviver com o incerto. Resumindo, os jogadores não sabem como se posicionar em quadra e realizar jogadas coletivas.

A visão de jogo e o senso de quadra é uma característica difícil de ser adquirida. É necessário muito treinamento para atribuí-la a aqueles que não a têm. Por isso, os atletas que possuem essa habilidade já têm um grande diferencial em relação aos outros.

Competitividade

Ser competitivo é fundamental para aqueles que desejam ser profissionais do basquete ou de qualquer outro esporte. A vontade de vencer tem a capacidade de motivar e deve sempre estar presente entre aqueles que participam de competições.

O jogador precisa sentir orgulho de fazer parte da equipe. Um draft da NBA não vai querer no seu time um atleta que não se importa quando a equipe perde. O desejo de vitória faz parte das características de um grande talento.

Responsabilidade

Não importa qual seja a idade do jogador, ele precisa ser responsável. Algumas características são difíceis de serem moldadas com o tempo. Por isso, é indicado verificar previamente qual é o nível de responsabilidade dos atletas.

Confira se eles são pontuais, assíduos e se participam de maneira séria do treino e das atividades propostas. Veja também se, mesmo não conseguindo, eles se dedicam a aprender e repetir, quantas vezes forem necessárias, até chegar ao resultado desejado.

Pressão

Pressão e esporte são palavras quase sinônimas, principalmente quando falamos de esporte de alto nível. Muitos fatores estão envolvidos e atrelados ao resultado do jogo, como a torcida e os patrocinadores, por exemplo.

Por isso, os jogadores que querem se destacar precisam saber conviver com a pressão e manter sempre o melhor desempenho possível, independentemente de qual seja o nível de cobrança, nos diferentes momentos da vida do atleta.

Conferir as habilidades sociais

O basquete é um esporte coletivo e, por esse motivo, mesmo o jogador mais talentoso do mundo não é capaz de ganhar um jogo sozinho. As habilidades sociais também devem ser observadas na hora da seleção.

Uma das características que deve estar presente para diferenciar um talento é justamente o trabalho em equipe. Além dela, o jogador precisa ser um líder ou um bom colega e conseguir conviver bem com a equipe, visto que o grupo estará junto por muitas horas e dias.

Descobrir que tipo de atleta cada jogador é

Para facilitar, nesse último tópico vamos separar os jogadores de basquete em três tipos: o atleta de basquete, o talento no basquete e o jogador de basquete.

Atleta de basquete

O atleta de basquete é detentor de todas as características físicas necessárias para um jogador desse esporte. Existem aos montes, espalhados por muitos clubes, mas poucos chegarão a ser profissionais.

Talento no basquete

O talento no basquete além de possuir o tipo físico ideal, é também habilidoso. Grande parte deles participa de ligas e alguns chegam à carreira profissional, mas com pouco destaque.

Jogador de basquete

Já o jogador de basquete tem o físico ideal, é habilidoso, possui as características específicas e sociais e, principalmente, ama o que faz. Estes jogadores conseguem trilhar carreiras longas e são exatamente os que os drafts da NBA estão procurando e que você vai começar a buscar a partir de agora.

Encontrar atletas destaques, em meio a um mar de garotos que dedicam a infância e a adolescência ao esporte, é realmente um talento. Procure observar todas as características citadas no post, mas não se esqueça de que algumas delas podem ser desenvolvidas.

Por isso, é importante sempre pesar as qualidades e os defeitos na hora de fazer a seleção dos jogadores, para não correr o risco de desperdiçar um talento por alguma habilidade que poderia ser trabalhada.

Ser um draft da NBA não é fácil! Mas a principal resposta para a seleção de talentos mais precisa você já tem: procure aquele que além de possuir tudo o que você busca ame jogar basquete!

Se você curtiu o post, compartilhe em suas redes sociais e faça com que seus amigos treinadores sejam draft da NBA assim como você!

 

Quer se tornar um especialista da área esportiva?

Assine e receba tudo sobre treinamentos e as melhores práticas esportivas todo mês!

Sobre o autor

Unisport Brasil

Deixar comentário.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Share This