Entenda como é o sistema defensivo do Futsal!
Futsal

Entenda como é o sistema defensivo do Futsal!

métodos de treinamento no futsal
Escrito por Unisport Brasil

Se você quer saber um pouco mais sobre sistema defensivo do futsal, além de algumas dicas para organizar sua equipe em quadra, veio ao lugar certo. Neste artigo, vamos abordar fundamentos para que um time de futebol de salão saiba se posicionar na hora que não estiver atacando, sem a posse de bola. Vamos falar sobre a chamada marcação por zona, individual, mista e suas variações. Além de detalhar os fatores que influenciam em cada tipo de marcação e que efeitos produzem na sua defesa.

Se você quer saber mais sobre essas jogadas e treinar melhor sua equipe, continue lendo e arme seu esquema tático defensivo já!

Entenda o que são sistemas táticos no futsal

Qual o melhor jeito de posicionar seus jogadores no salão durante uma partida de futsal? Também, como dinamizar essas posições para dar mais arrojo aos seus jogadores e resultado ao time? Se algumas dessas perguntas passam pela sua cabeça, saiba que as respostas vêm dos sistemas táticos.

Trata-se do posicionamento dos jogadores durante uma partida, e que é dada de acordo com a função exercida por cada um. O que parece simples, ganha um ingrediente a mais quando pensamos que a troca de funções desses jogadores é constante por causa da grande movimentação exigida pelo esporte. Ou seja, esqueça as comparações com o futebol de campo, no qual cada um dos 11 jogadores costuma ter sua função muito bem definida.

Fique por dentro de novidades da área esportiva!

Assine e receba informações gratuitas sobre treinamentos e as melhores práticas esportivas.

No futsal, com apenas cinco jogadores — sendo um deles o goleiro —, os outros quatro tendem a se movimentar bastante para dar cobertura durante a partida e mudar seus esquemas táticos de acordo com a movimentação do adversário. Veja agora a nomenclatura do posicionamento dos jogadores de futsal:

  • goleiro: homem que fica no gol para defender o time dos ataques do adversário;
  • fixo: último homem da defesa e, apesar do nome, se movimenta bastante ao fazer a proteção da meta e ajudar os alas a armar as jogadas;
  • alas (direito e esquerdo): equivale aos laterais do futebol de campo e fazem a ligação entre a defesa e o ataque. Eles ajudam a conter o ataque adversário e avançam a bola para o ataque do pivô e suas finalizações. No futsal, temos um ala direito e outro esquerdo;
  • pivô: é o jogador mais avançado no lado adversário, quem constrói as jogadas ofensivas. O pivô faz as finalizações e ajuda a fechar o meio da quadra para que o pivô adversário não finalize em gol.

Conheça o sistema defensivo do futsal

Agora que você já sabe o que é sistema tático e que ele se organiza a partir da função dos jogadores no salão, vamos ver especificamente quais são os tipos de sistemas defensivos do futsal. Eles são basicamente três sistemas de defesa (com alguns subgrupos): marcação por zona, individual e mista. Vejamos agora cada um em detalhes!

Marcação por zona ou setor

Consiste em atribuir uma zona ou setor para cada jogador do time fazer a defesa. Nesse esquema, o jogador ocupa a área designada a ele e faz a defesa dela independentemente da movimentação do adversário. A ideia é que ele não saia do seu setor para não sobrecarregar o companheiro na defesa. Constitui um jogo sem tanto desgaste físico para os jogadores. Veja quais os tipos de zoneamento ou setorização podem ser feitos no futsal!

Quadrado

Cada jogador ocupa um quadrante da sua área de jogo e fica responsável por fazer a marcação nela. Assim, teremos dois jogadores à frente e dois responsáveis pelo quadrante de trás.

Powered by Rock Convert

Losango

Aqui os jogadores fazem uma formação de losango para defender sua área, ou seja: fica um atrás, dois em cada lateral da quadra e um mais à frente (1x2x1).

Em Y

Nesse esquema tático, os jogadores se formam em campo como se fossem uma letra “Y”. Ou seja, temos dois homens recuados e dois destacados nas laterais (1x1x2). O “Y” invertido também pode ser uma opção de defesa, com dois homens à frente, em fila, e dois destacados nas laterais de fundo da quadra.

Marcação individual

Aquela na qual cada jogador marca um adversário, sem se preocupar com o posicionamento da quadra. Cada um fica responsável por marcar alguém e terá que acompanhá-lo por toda quadra, mesmo que ele não esteja com a bola.

É preciso, ainda, ter bom conhecimento dos princípios básicos da marcação individual: identificação, acompanhamento, aproximação e abordagem. A marcação individual pode ser exercida a partir das seguintes variações:

  • pressão quadra inteira: quando a equipe deverá pressionar o adversário por toda a quadra para reduzir ao máximo o espaço, tempo de posse de bola e chances de passe;
  • pressão meia quadra: feita apenas na quadra de defesa, com chances para a equipe adversária se movimentar no seu lado. Do meio em diante, tenta-se roubar a bola e desarmar o adversário;
  • meia pressão: é uma marcação individual com preocupação em se interceptar possíveis passes. Ou seja, não se marca adversário que está sem a bola.

Marcação mista

Como o nome sugere, usa as duas possibilidades anteriores: por zona e individual. Normalmente, é usada quando o time adversário tem um jogador talentoso, que pode desequilibrar a partida. Assim, opta-se por colocar alguém para marcar esse jogador e o resto da equipe faz marcação por setor.

Saiba como aplicar esses sistemas no seu time

Os sistemas defensivos do futsal são dinâmicos e podem ser aplicados a cada partida — ou até mesmo adaptado durante uma —, para oferecer melhores resultados contra um adversário. Um time que joga mais na retranca talvez vá se dar pior ao se deparar com uma defesa por zona em quadrante ou losango.

Já um time que tenha um grande jogador precisará ser marcado de forma individual e também setorizada para que seja melhor desarmado. Tudo para diminuir as chances de gol do adversário, aumentar a posse de bola do seu time e de finalização em gol.

Como vimos, o sistema defensivo do futsal é bastante dinâmico e possibilita esquemas táticos variados para um time. Ele pode optar por jogar mais parado — marcação por setor —, se movimentando mais — marcação individual —, e até mesclando as duas coisas em uma marcação mista. O importante é treinar todos esses fundamentos com seu time para que eles possam ser colocados em prática com diferentes adversários e movimentações em uma mesma partida, mas com maior posse de bola e de gols.

Agora, se você gostou do nosso texto ou tem alguma dúvida, que tal deixar o seu comentário aqui?

Powered by Rock Convert

Fique por dentro de novidades da área esportiva!

Assine e receba informações gratuitas sobre treinamentos e as melhores práticas esportivas.

Sobre o autor

Unisport Brasil

Deixar comentário.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Share This
/* ]]> */