Táticas do handebol: conheça as mais importantes!
Handebol

Táticas do handebol: conheça as mais importantes!

Escrito por Unisport Brasil

Fundamentadas em métodos básicos de ataque e defesa, as táticas do handebol são importantes para a estratégia e o sucesso de qualquer jogo. Treinadores que buscam excelência devem procurar conhecer a fundo os principais planos táticos do esporte, e entender seu funcionamento e aplicação em cada partida. Também é importante saber identificar a necessidade de alterar a estratégia tática no decorrer dos confrontos.

Neste post, vamos mostrar as táticas do handebol mais importantes, tanto em sistemas defensivos quanto ofensivos. Continue a leitura para saber mais!

Sistemas defensivos

Defesa em zona 3:2:1

Três defensores se posicionam sobre a marca de seis metros e outros dois em uma linha entre seis e nove metros. Além disso, um defensor fica na marca sobre os nove metros. Ela pode ser adaptada rapidamente e se converter em outro sistema defensivo.

Por ter posições de jogadores mais adiantadas, também é o sistema que melhor oferece chances de contra-ataques. Uma das desvantagens desse sistema é que ele só é eficiente com muito deslocamento por parte dos jogadores, o que pode causar desgaste físico.

Defesa em zona 3:3

Três jogadores se posicionam à frente da área do tiro livre, e três infiltradores ficam dentro da área, se movimentando próximos à linha da área do goleiro. É um dos sistemas táticos mais agressivos, mas também considerado um dos mais arriscados, porque dificulta a cobertura e facilita infiltrações pelo time adversário.

Ele pode ser facilmente adaptado para sistemas 4:2, 3:2:1 e 5:1. É eficaz ao neutralizar as equipes adversárias em arremessos de nove metros. Também oferece ótimas possibilidades de contra-ataque.

Defesa em zona 4:2

Nessa estratégia, o time forma duas linhas de defesa: a primeira tem dois atletas perto da marca de nove metros, que se movimentam lateralmente, e a segunda tem quatro atletas perto da marca de seis metros. O objetivo é evitar arremessos de longa e média distância. Os defensores da segunda linha, além de se movimentarem nas laterais, também andam para frente e trás, e diagonais do campo.

É uma tática eficaz quando a equipe adversária tem dois bons jogadores em arremessos de meia distância. Eficaz especialmente na zona central, o sistema defensivo tem amplitude e profundidade. Funciona contra ataques com dois pivôs. Também é eficiente para dificultar passes, embora seja fraco contra ataques em 3:3.

Defesa em zona 5:1

Sistema tático formado por duas linhas de defesa, uma com cinco jogadores próximos à marca de seis metros, e outra com um jogador sobre a linha dos nove metros. Este jogador deve ser rápido, ágil e resistente para não permitir arremessos de longa distância e evitar que seja feito um passe para o pivô do time contrário. Além disso, ele tem a função de atrapalhar a movimentação dos atacantes nos arremessos de longa distância e interceptar passes. Também deve ajudar os defensores posicionados nas laterais e iniciar o contra-ataque.

O sistema 5:1 é versátil porque pode ser aplicado tanto de maneira defensiva, quanto ofensiva. Na defensiva, os jogadores saem pouco da área e limitam-se aos bloqueios de longa distância. Na ofensiva, os pontas esquerdo e direito saem até a linha dos nove metros e atacam o adversário. A partir dessa movimentação ofensiva nasce a chamada defesa espástica, que passa de um sistema 5:1 para outro 3:2:1 ou 3:3, e depois retorna para 5:1.

A vantagem desse sistema é que o pivô pode ser bem marcado, além de ter boa cobertura. Ela é fraca quando o outro time joga com dois pivôs, além de permitir arremessos de curta distância e infiltrações com maior facilidade.

Defesa em zona 6:0

Composto por apenas uma linha de defesa com seis jogadores, é um sistema que diminui os espaços junto à área de gol, o que dificulta o trabalho dos pivôs. Os jogadores se movimentam de acordo com a trajetória da bola, para a direita e para a esquerda.

Também são eficazes na cobertura, não permitem arremessos de curta distância e infiltrações na área do gol. Se houver contra-ataque, os defensores das pontas podem partir facilmente, pois a área de defesa é coberta pelos demais jogadores. Contudo, é um sistema fraco nos arremessos de meia distância, além de pouco eficaz em roubar a bola.

Sistemas ofensivos

Ataque em zona 5:1

Funciona para atacar contra sistemas de defesa 6:0, 4:2, 3:3 e 3:2:1. Cinco jogadores ficam à frente, na área de tiro livre, e um pivô se posiciona próximo à área do gol. Ali, ele ocupa a faixa central da baliza, onde consegue ter um ângulo de arremesso maior. O movimento do pivô é sempre em relação à bola. Ele deve facilitar o recebimento, e só se caminhar ou correr em direção à armação da jogada.

Os outros cinco jogadores são responsáveis por armar a jogada. Podem utilizar três jogadores nessa função específica, enquanto outros dois, jogando nas pontas, tentam a penetração na área ou auxiliam o pivô nas finalizações e arremessos.

Ataque em zona 6:0

Eficaz para atacar contra sistemas de defesa 6:0, 5:1, 3:3, e 3:2:1. É um dos sistemas ofensivos mais simples. Seis jogadores se posicionam à frente da área do tiro livre, tentando ocupar toda essa região. A movimentação entre eles deve ser sempre no sentido de trocar passes para conseguir penetrar ou obter condições para executar arremessos de longa distância.

Nesta formação, não há atuação específica do pivô, e os armadores devem armar as jogadas pelas laterais. Isso faz com que a defesa do time adversário se desloque para um dos lados, e o ataque possa penetrar na área pelo lado contrário. Nesse caso, o ponta posicionado do lado contrário penetra pelo meio, ocupando a posição do pivô. No caso de a armação começar no centro da quadra, os jogadores devem trocar passes próximos ao meio de campo, para evitar o corte pelos defensores da outra equipe.

O emprego correto das táticas do handebol é estratégico para vencer qualquer jogo. Aplicando esses métodos, você aprenderá como organizar um time vitorioso! O que você achou deste conteúdo? Tem alguma experiência com táticas do handebol para compartilhar? Conte para a gente nos comentários!

 

Sobre o autor

Unisport Brasil

Deixar comentário.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Share This